Maroon 5 tem como grande marca o seu dançante groove, cheio de swing, resultando em músicas de fácil assimilação. Difícil ouvir a banda sem balançar a perna, mesmo quem não goste dela.

 

Curiosamente, o sexto álbum de estúdio, Red Pill Blues, não conquista logo na primeira audição. Na verdade, não me conquistou nem depois de quatro ouvidas. Mesmo assim, ainda com o corpo inteiro no pop, a banda tenta novos caminhos, o que é encorajador, com um pop eletrônico melancólico. Um novo direcionamento que merecia um resultado melhor.

 

Após o interessante começo com as grudentas Best 4 UWhat Lovers DoWait, o álbum capenga entre faixas esquecíveis e outras que faltam algo… algo chamado Maroon 5. A sensação é que Red Pill Blues tenta emular outros artistas, a inclusão de várias participações ajuda no processo, mas não é determinante para sua pouca inspiração. Bet My HeartHelp Me OutWhiskey só não são mais entediantes por falta de tempo, diferente de Closure que tem tempo suficiente para matar qualquer um de tédio.

 

Maroon 5 cai no velho problema de achar que soar moderno e juntar uma galera famosa é o bastante para lançar um grande álbum. Sim, o disco deve fazer a lição de casa de manter a banda no topo, mas não disfarça o gosto amargo que essa pílula deixa na boca.

 

Tracklist:

 

01. Best 4 U
02. What Lovers Do (feat. SZA)
03. Wait
04. Lips On You
05. Bet My Heart
06. Help Me Out (feat. Julia Michaels)
07. Who I Am (feat. LunchMoney Lewis)
08. Whiskey (feat. A$AP Rocky)
09. Girls Like You
10. Closure

 

 


Chega até ser engraçado que no mesmo ano que Liam Gallagher lança seu álbum de estréia, seu irmão Noel, com sua banda High Flying Birds, também disponibiliza o terceiro álbum de estúdio deles. Acirrando ainda mais a competição entre os dois.

 

Enquanto Liam se manteve em uma zona de conforto no ótimo As You Are, Noel decidiu sair totalmente fora da casinha. Who Built The Moon? é completamente diferente do que os fãs poderiam esperar dele, e uma novidade enriquecedora em relação à música. Não me lembro de ter ouvido nada igual.

 

Saindo do britpop e apostando de vez no alternativo, com muitos toques de rhythm and blues e música eletrônica, Noel se reinventa e desafia o ouvinte a cada faixa. Uma mudança que pode ser colocada na conta do produtor David Holmes, que proibiu Noel de compor qualquer som que lembrasse a carreira do músico.

 

No entanto, a aparente bagunça sonora do disco não significa músicas sem sentido e arrogantes, Holy MountainKeep On ReachingShe Taught Me How To Fly são extremamente divertidas e dançantes. Há também momentos de ternura com It’s A Beautiful World (não sei o porquê, mas lembro de Prince nela) e If Love Is The Law. Resumindo, Who Built The Moon? encontra no caos sonoro sua beleza, mostrando que tem um longo caminho para Liam chegar aos pés do irmão.

 

Tracklist:

 

01. Fort Knox
02. Holy Mountain
03. Keep On Reaching
04. It’s A Beautiful World
05. She Taught Me How To Fly
06. Be Careful What You Wish For
07. Black & White Sunshine
08. Interlude (Wednesday Part 1)
09. If Love Is The Law
10. The Man Who Built The Moon
11. End Credits (Wednesday Part 2)