Santana-GATEFOLD-LP-1tSantana IV não é apenas o novo álbum de Carlos Santana, é o retorno do guitarrista com a antiga banda, que nos meados dos anos 70 lançou três álbuns, e agora continua o belo trabalho interrompido à 45 anos atrás.

 

Esqueça o guitarrista dos últimos anos, embora emendasse hits com bandas pops, ainda era muito aquém do seu talento. Com este álbum, o cenário é outro. A banda esbanja criatividade e transpiração, com 16 faixas mostrando o melhor de cada músico, e o que esses caras são capazes de fazerem juntos.

 

A música latina ganha vida em Love Makes The World Go Round – prova audível do equilíbrio perfeito da banda – e Caminando, o blues de Anywhere You Want To GoBlues Magic toca na alma, fora o rock and roll presente no cerne do álbum, principalmente na instrumental All Aboard (as instrumentais estão espetaculares).

 

Carlos Santana, Gregg Rolie, Neal Schon, Mike Carabello e Michael Shrieve fazem de Santana IV uma verdadeira aula de música, com uma produção limpa que só clareia a qualidade das faixas. Um álbum grandioso, inspirado e energético, e que melhor do que falar sobre ele é ouvi-lo.

 

Tracklist:

 

01. Yambu
02. Shake It
03. Anywhere You Want To Go
04. Fillmore East
05. Love Makes The World Go Round (feat. Ronald Isley)
06. Freedom In Your Mind (feat. Ronald Isley)
07. Choo Choo
08. All Aboard
09. Suen_os
10. Caminando
11. Blues Magic
12. Echizo
13. Leave Me Alone
14. You And I
15. Come As You Are
16. Forgiveness

 

05-foda

 


DomingoZeca Baleiro é um letrista de mão cheia, se lançasse um disco só declarando as letras, sem melodia, já valeria o investimento. Felizmente, o maranhense é um músico de duas mãos cheias.

 

Era Domingo, seu recente trabalho, repete o mesmo processo do antecessor O Disco do Ano, entregando cada faixa para um produtor diferente (porém sem perder a unidade), além de ter a colaboração de vários artistas na composição das letras.

 

Assim, ele lança um álbum rico em letras e melodias, com a típica variedade de ritmos como o frevo em Ela Parou no Sinal, uma balada com um Q de psicodelismo em Balada do Oitavo Andar e o MPB pop dominando o álbum. Minhas preferidas são a viciante De Mentira e a divertida Desejo de Matar, que com o barulho de gatilho, levado por uma batida eletrônica empolgante, tem uma das melhores sacadas para um refrão. Os fãs de Charles Bronson ficarão orgulhosos.

 

O poeta da solidão, satírico e inovador Zeca Baleiro, mais uma vez, mostra que é um dos principais nomes da música brasileira, e afinal de contas, como não gostar do homem que fez Deus tocar heavy metal?

 

Tracklist:

 

01. Era Domingo
02. Ela Parou no Sinal
03. Balada do Oitavo Andar
04. De Mentira
05. Homem Só
06. Desejo de Matar
07. O Amor É Invenção
08. Deserta
09. Pequena Canção
10. Desesperança (Sobre Poema de Sousândrade)
11. Ultimamente Nada

 

04-otimo