Geralmente quando ouço um trabalho de heavy metal, ou qualquer outro estilo mais pesado do rock, muitas das músicas soam parecidas como se a quantidade de guitarras, bateria e baixo frenéticos e uma voz enraivecida fossem o bastante para criar algo memorável. Esse tipo de trabalho pode até arrancar elogios como “isso sim é rock”, “os caras tocam muito” e “ótimo para ouvir no último volume”, e assim vai. Contudo, não duram com a passagem do tempo, sendo apenas uma diversão temporária. Uma verdade que não deve aplicar-se com Immortalized.

 

Disturbed3

 

Depois de cinco anos deste o último álbum, a banda norte-americana Disturbed retorna com uma porrada para estraçalhar seus tímpanos. Este trabalho me lembrou o excelente .5: The Gray Chapter do Slipknot, já que ambos conseguem soar pesados, agressivos e empolgantes, contendo faixas que, além de  ter uma produção coesa entre elas, conseguem funcionar perfeitamente sozinhas. É complicado escolher uma música só como favorita.

 

Curiosamente este álbum também começa com uma sombria introdução para depois chegar destruindo com a faixa-título que tem um refrão pra lá de épico. The Vengeful One não fica atrás, mantendo a boa forma da banda que se estende por todo o disco. Open Your Eyes é chover no molhado e prova a capacidade deles de compor grandes hits. Com a máquina à todo vapor, o vocalista David Draiman tem o espaço para entregar performances impecáveis como em You’re MineSave Our Last Goodbye e no belíssimo cover de The Sound Of Silence da dupla Simon & Garfunkel.

 

Disturbed2

 

Who, Fire It Up e Who Taught You How To Hate apesar de não serem tão marcantes como as suas parceiras, fazem bem o papel de compor o álbum. Elas só perdem força pois estão acompanhadas de composições mais inspiradas como as pancadas, junto com as citadas no parágrafo anterior, Never Wrong e a viciante What Are You Waiting For que confesso ter ouvido dezenas de vezes, e não deve sair da minha playlist tão cedo.

 

Para encerrar esta crítica, deixarei uma citação da linda faixa The Light que resume o que é este Immortalized: “Sometimes darkness can show you the light”. Deste modo, todos são convidados à renascer para a imortalidade.

 

Tracklist:

 

01. The Eye Of The Storm
02. Immortalized
03. The Vengeful One
04. Open Your Eyes
05. The Light
06. What Are You Waiting For
07. You’re Mine
08. Who
09. Save Our Last Goodbye
10. Fire It Up
11. The Sound Of Silence
12. Never Wrong
13. Who Taught You How To Hate

 

04-otimo

 

Clipe: