New Fã do território brasileiro, Paul McCartney lança neste ano, um trabalho que mistura o som nostálgico dos anos 60 com a modernidade contemporânea, mostrando  para o público que ele não parou no tempo. O álbum New é um show de influências musicais que só melhora a qualidade de seu rock britânico. A empolgante música de abertura Save Us tem uma levada eletrônica que também está presente em Appreciate. O músico não teve receio de abusar dos sintetizadores. Entre minhas favoritas estão a psicodélica On My Way To Work, Everybody Out There (que tem uma pegada alá David Bowie) e o bom velho rock em I Can Bet. E como não ouvir a faixa-título e não lembrar dos Beatles? Muito bom. Tracklist: 01. Save Us
02. Alligator
03. On My Way To Work
04. Queenie Eye
05. Early Days
06. New
07. Appreciate
08. Everybody Out There
09. Hosanna
10. I Can Bet
11. Looking At Her
12. Road Nota: Ótimo Bap Chris Daughtry é um dos raros participantes do American Idol que acabou tendo sucesso pós-programa, pois a maioria dessas séries estão mais preocupadas em ganhar audiência do que produzir promissores artistas. Aqueles que ficam no esquecimento, só tem os seus 15 minutos de fama para convencer alguma produtora em assinar o tão desejado contrato. O sonho só não pode acabar, e não acabou para Chris que fundou a banda Daughtry, chegando ao seu quarto álbum de inéditas: Baptized. O trabalho apresenta um pop rock de qualidade, com bons hits radiofônicos como Waiting For Superman, primeiro single que cairia como uma luva na trilha sonora de O Homem de Aço. As baladas estão garantidas, destaque para Battleships que é uma boa pedida para conferir a potente voz de Chris. Outras que se sobressaem é a faixa-título, Long Live Rock And Roll e a raivosa Traitor. Um álbum que coloca muitos artistas do cenário pop no chinelo. Tracklist: 01. Baptized
02. Waiting For Superman
03. Battleships
04. I’ll Fight
05. Wild Heart
06. Long Live Rock And Roll
07. The World We Knew
08. High Above The Ground
09. Broken Arrows
10. Witness
11. Traitor
12. 18 Years Nota: Bom Viva Milagre no Pisovelho. Pela primeira vez na história do site estou publicando algo do gênero sertanejo. O mais impressionante é que o novo álbum de Victor e Leo quase não tem nada de sertanejo. Na carreira da dupla, as músicas sempre tiveram fortes tendências para o pop, com riffs elaborados, refrãos pegajosos e, como diferencial, composições sem soarem genéricas como a maioria das duplas atualmente. No álbum Viva Por Mim, os dois estão mais a vontade com suas influências, que já admitiram beber da fonte do rock e do folk. A música Nem Sei tem um solo de guitarra que muitas bandas intituladas de “rock” não conseguem fazer, e Na Linha do Tempo é um hit romântico que vem acompanhado por uma bela composição no piano. Eu Vim Pra Te Buscar e O Tempo Não Apaga seguem o mesmo padrão, mas se você preferir algo mais agitado, Guerreiro (música de Copa do Mundo) e Amor.com são as opções. Victor e Leo é uma dupla “sertaneja” que merece ser ouvida. Tracklist:       01. Tudo Com Você
02. Eu Vim Pra Te Buscar (Part. Bruno & Marrone)
03. O Tempo Não Apaga
04. Nem Sei
05. Guerreiro (Part. Jorge & Mateus)
06. Na Linha Do Tempo
07. Viva Por Mim
08. Tudo Bem (Part. Almir Sater)
09. Só Quero Amor
10. Amor.Com
11. Conheço Pelo Cheiro
12. Faz Bem Se Apaixonar
13. O Que Tens Nota: Bom