MI4 Missão: Impossível sempre foi minha série favorita de espionagem no cinema. Talvez por trazer um agente que, diferente de Bond ou Bourne, abusa da tecnologia de sua época para se infiltrar nas mais diferentes fortalezas, levando as últimas consequências para conseguir tal feito. Das já conhecidas máscaras de borracha até um interessante uso para o Ipad, Protocolo Fantasma é um competente e divertido capítulo da série. E quem sabe, o melhor. Novamente na pele de Ethan Hunt, Tom Cruise (que também é produtor), arrisca seu pescoço em cenas impensáveis para impedir um iminente ataque nuclear. Cenas bem dirigidas por uma grande curiosidade que cercava o projeto, o diretor Brad Bird, conhecido por animações (Gigante de Ferro, Os Incríveis), fez bonito em seu primeiro Live-Action. Prova que esta nova área tem muito a ganhar com seu trabalho. MI41Com um bom roteiro nas mãos, escrito por André Nemec e Josh Appelbaum, em que Ethan Hunt vê sua agência fechada pelo governo, depois de uma armadilha no Kremlin de Moscovo (responsável por uma das melhores partes do filme), é obrigado a trabalhar com uma nova equipe para tentar salvar seu nome e os EUA. Nesta premissa, somos apresentados a novos personagens como Brandt (Jeremy Renner) e Jane Carter (Paula Patton). O primeiro carrega um mistério (podendo ser o substituto de Cruise futuramente) e a segunda, em busca de vingança, é o inevitável interesse romântico que Hollywood faz questão de ter. E se Simon Pegg agora está em trabalho de campo, o humor ganha mais força do que os anteriores. Falando neles, os roteiristas não ignoram os eventos passados do último, dando continuidade ao drama pessoal de Ethan. MI42Voltando a direção, Bird consegue transmitir a emoção de seus clássicos, além de envolver o público em espetaculares cenas de ação, onde você ficará angustiado, principalmente se tiver medo altura. Abrindo mão de dublês, Tom Cruise impressiona. Todo filme da série precisa ter seu clímax marcante, enquanto os outros guardavam tudo para o final, M:I-IV foca seu momento mais tenso e empolgante no maior prédio do mundo, o famoso Burj Durbai, localizado em Dubai. Onde Cruise gravou pendurado só com alguns cabos e, com a ilusão do cinema, torcemos a cada segundo para ele não cair, revelando o novo sonho nerd: as luvas de pressão. Sensacional. Não posso esquecer de elogiar os créditos iniciais que homenageia a série clássica. Nunca me canso de ouvir a música tema através de Michael Giacchino. Por fim, Missão: Impossível – Protocolo Fantasma pode, sim, ser considerado como um dos melhores filmes da franquia. Mas ainda insisto que o primeiro é perfeito. Então deixo esta missão de decidir para vocês. Trailer: Mission: Impossible – Ghost Protocol
EUA , 2011 – 133 min.
Ação / Aventura / Suspense Direção:
Brad Bird Roteiro:
André Nemec, Josh Appelbaum Elenco:
Tom Cruise, Jeremy Renner, Paula Patton, Simon Pegg, Michael Nyqvist, Léa Seydoux, Josh Holloway Otimo