MIllennium1Na mesma comodidade apreensiva que cerca alguém entrando em um corredor com luzes hipnotizantes e músicas sincronizadas com as imagens, se faz a sensação predominante nas várias primeiras cenas de Os Homens Que Não Amavam as Mulheres. Refilmagem do filme sueco baseado nas trilogia Millennium de Stieg Larsson, a versão hollywoodiana não somente surpreende como ainda agrega mais fãs a brilhante história de mistério envolvendo seus protagonistas. Mikael Blomkvist (Daniel Craig) é um jornalista condenado por difamação, esperando encontrar distância dos problemas, isola-se em uma remota ilha na qual um assassinato de quarenta anos ainda é questionado por um dos moradores, Henrik Vanger (Christopher Plummer), patriarca da poderosa família local, dona de um verdadeiro império industrialista. MIllennium2Mikael, procura investigar o verdadeiro motivo do crime e conta com a ajuda de Lisbeth Salander (Rooney Mara), uma cracker que ainda esta sob tutela do estado após um passado conturbado e radical. Com uma das melhores fotografias do ano dirigidas por Jeff Cronenweth, que assumiu a direção de imagem após a saída de Fredrik Bäckar, a longa duração passa despercebida para quem assiste comodamente esperando a solução de um mistério, se envolvendo com o drama pessoal e a boa química entre todos os personagens. São cenários frios, envolvidos pelo branco límpido da neve, mansões e locais de luxo, com um figurino notavelmente organizado para os padrões visuais mais sofisticados. Um excelente trabalho da direção de arte. MIllennium3Com papéis ajustados devidamente a cada ator, Rooney Mara ganhou uma merecida indicação ao Oscar 2012 para melhor atriz. Destaca-se por sua Lisbeth imprevisível, pouco sociável, misteriosa e com o sotaque que acrescenta como um toque tímido e restrito. Os Homens Que Não Amavam as Mulheres é dirigido por David Fincher, que muda o foco de suas produções a cada novo trabalho. E poderia muito bem ser indicado por esse brilhante trabalho igualmente o ano passado com A Rede Social.  O filme passa não somente maturidade em relação a um fato muito bem contato, como faz isso misturando imagem, som e atuações competentes. Impossível não se surpreender com as músicas de Trent Reznor e Atticus Ross tanto na abertura, como no resto de um longa impecável pela visão detalhista de David Fincher. Trailer: The Girl with the Dragon Tattoo
EUA , 2011 – 158 minutos
Policial Direção:
David Fincher Roteiro:
Steven Zaillian, Stieg Larsson Elenco:
Daniel Craig, Rooney Mara, Christopher Plummer, Stellan Skarsgård, Robin Wright, Steven Berkoff, Joely Richardson Foda