oscar Em homenagem a 83a. cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, criei minha própria premiação. Irei premiar os cincos melhores filmes que venceram a categoria de Melhor Filme na última década. Durante esses dez anos, tivemos uma mudança na forma de pensar da Academia. E com isso, muitas surpresas houveram durante esse tempo, com vitórias de filmes de pouca expressão. Porém de muita qualidade. Uma década muito importante para o evento, voltando a indicar dez filmes na categoria (para aumentar as bilheterias no cinema) e começando a olhar com mais carinho a outros gêneros. Confira os meus cinco preferidos de 2000 até 2010, mas antes conheça os vencedores da primeira década do séc. XXI: 2000 – Beleza Americana
2001 – Gladiador
2002 – Uma Mente Brilhante
2003 – Chicago
2004 – O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei
2005 – Menina de Ouro
2006 – Crash – No Limite
2007 – Os Infiltrados
2008 – Onde os Fracos Não Têm Vez
2009 – Quem Quer Ser Um Milionário?
2010 – Guerra ao Terror E o meu Oscar vai para: 5. 2010 – Guerra ao Terror GuerraFechando a década com chave de ouro e abrindo a minha lista, Guerra ao Terror é um ótimo exemplo de todo o significado da guerra do Iraque, ou seja, um retrato de soldados sem nenhuma causa que são mandados para proteger um povo, mas acabam se tornando o pior inimigo. E o terror que eles vivem dia após dia, se torna tão normal que define suas personalidades. Kathryn Bigelow mostrou de uma forma impactante que a guerra pode se transformar num verdadeiro vício. 4. 2000 – Beleza Americana belezaComo um professor que tive adoraria falar: “um tapa na cara do American Way Of Life”. Sam Mendes (Foi Apenas Um Sonho) faz uma desconstrução da estrutura perfeita de uma família americana. O pai interessado na amiga da filha, a esposa infiel, a filha sem rumo, o vizinho preconceituoso, além de outras figuras que nunca passarão numa propaganda da Coca-Cola. 3. 2008 – Onde os Fracos Não Têm Vez FracosSe os irmãos Coen não tivessem ganho com este filme tão recentemente, teriam grandes chances este ano com Bravura Indômita. Falar da bela fotografia seria algo batido, pois temos aqui um dos melhores vilões (Javier Bardem) que pude ver num longa. Portanto, Onde os Fracos Não Têm Vez me conquistou por suas entrelinhas. Enquanto temos uma perseguição envolvendo uma maleta de dinheiro, o personagem de Tommy Lee Jones é uma janela onde podemos refletir sobre como a violência se tornou algo tão banal em nosso mundo. Uma realidade assustadora que faz pensar aonde iremos parar com toda nossa brutalidade. 2. 2007 – Os Infiltrados infiltradosDepois de ser injustiçado por muitas cerimônias, Martin Scorsese (Ilha do Medo) leva suas primeiras estatuetas de Melhor Diretor e Melhor Filme em Os Infiltrados. O que eu tenho para dizer sobre esse filme? Simplesmente é o melhor policial que tive a oportunidade de assistir até hoje. Uma trama tão envolvente e impactante sobre a máfia que não via deste os tempos de O Poderoso Chefão e Scarface. Além de um show a parte de todo o elenco. 1.  2004 – O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei ReiFim de uma trilogia impecável. Vencedor 100% de 11 Oscars. Um dos maiores campeões de bilheteria. Peter Jackson se estabeleceu como um dos melhores diretores de sua geração. Poucos filmes que assisti foram perfeitos do começo ao fim na minha opinião. E O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei é um deles. Ainda conseguiu a façanha de um filme do gênero “fantasia” ganhar o principal prêmio da cerimônia. Toda a Terra Média agradeceu. Uma jornada inesquecível para sempre na história do cinema. Um filme precioso.