Michael
Numa entrevista concedida para a revista Rolling Stone, o líder do Black Eyed Peas, Will.I.Am, declarou estar enojado com o lançamento do primeiro álbum póstumo de Michael Jackson. Segue sua declaração, “eu conhecia esse homem. Ele era muito crítico em relação a todos os detalhes. Ele ficava no estúdio sozinho, masterizando e mixando tudo. Como você pode lançar um disco sem esse Michael Jackson? Não é Michael Jackson. Eu ouvi a música que está na internet (Breaking News) e fiquei tipo: ‘esse não é o Michael.’ Ele não estava lá para administrar tudo, como fez com Thriller ou Billie Jean. Isso me enoja”.

 
Polêmicas a parte, Michael foi lançado. Ouvindo o primeiro single, temos a ideia do que a gravadora Sony Music espera dele: sucesso comercial. “Hold My Hand” é linda e com grande apelo popular, não é a toa que Akon faz dueto com o mestre. Pensando como um capitalista, ainda temos participações do bombado 50 Cent e o guitarrista Lenny Kravitz. Juro para vocês que queria ouvir uma música com a parceria de Will.I.Am ou Justin Timberlake, os mais próximos do legado Jackson, mesmo que isso signifique uma bela distância de toda sua genialidade.
 
Michael1
O álbum é bom. Mas como a declaração acima, se Michael estivesse vivo, seria perfeito. Quem assistiu o documentário This Is It sabe a importância do seu trabalho. A sua dedicação é algo fora do comum. Há razões de não ter lançado essas músicas em suas respectivas épocas. Nunca saberíamos como elas seriam se ele estivesse vivo. “Hollywood Tonight”, “Monster”“Breaking News” (minha preferida) são uma boa amostra do que ele poderia ter feito e aperfeiçoado. Além da belíssima “Behind The Mask” que com “Keep Your Head Up” estarão disputando o posto da melhor música. Na minha opinião, é claro.
 
É uma pena saber que essa não será a única “homenagem” da Sony feita ao astro. Muitos cds póstumos serão produzidos, com outros artistas, alguns descartáveis, para a garotada curtir. E o que Michael havia guardado por não ter achado digno para seus fãs, agora será revelado a vontade por interesses que visam apenas rios de dinheiro. Enquanto isso, nós e a música só temos a ganhar.
 
Tracklist:

1. Hold My Hand (com Akon)   
2. Hollywood Tonight 
3. Keep Your Head Up
4. (I Like) The Way You Love Me 
5. Monster (com 50 Cent)   
6. Best of Joy   
7. Breaking News   
8. (I Can’t Make It) Another Day
9. Behind The Mask    
10. Much Too Soon
Bom photo Bom.png