HQs No segundo post da coluna Mercado Velho, venho divulgar mais uma lista, desta vez de adaptações de HQs para o Cinema. Uma ideia que surgiu depois da confirmação de Scott Pilgrim Contra o Mundo nos cinemas brasileiros. Lembrando que essa lista é pessoal. Pois aposto que cada um tem a sua dentro do coração. Até aqueles que não são tão cinefálos tem seus preferidos. Depois de Blade – O Caçador de Vampiros, os estúdios começaram a olhar com mais carinho para as revistinhas. Os filmes escolhidos abaixo, tiveram grande fidelidade as suas histórias. Independendo de sucesso ou não, conseguiram honrar aos quadrinhos e fizeram a alegria de muitos fãs, principalmente a minha. 5. Sin City – A Cidade do Pecado 4 Com um elenco de respeito, Robert Rodrigues conseguiu passar com maestria toda a violência e frases de efeito que Frank Miller já tinha feito em sua obra prima. Sem falar do visual ousado que mostrou uma nova perspectiva de fotografia. Um filmaço como poucos, no melhor estilo neo-noir. 4. Homem de Ferro 2 5 Jon Favreu ressussitou Robert Downey Jr. para a fama. E Robert Downey Jr. deu vida a Tony Stark. Um heroi cheio de desvios de caráter, porém com um poderoso coração. Se o primeiro filme já tinha sido espetacular, o segundo só confirmou o potencial da franquia. E deu início ao Universo Marvel. 3. Homem-Aranha 2 6 Tem continuações que superam seus antecessores. E nas adaptações das Histórias em Quadrinhos parece ser uma regra. Só nessa lista temos 3 exemplos. É a oportunidade de arrumar o que não ficou bom e melhorar os acertos. Sam Raimi transfomou o Homem-Aranha num referencial para um filme de sucesso. Uma verdadeira teia de cifras. Mais do que merecido. 2. Watchmen – O Filme 1 Watchmen é uma obra prima de Alam Moore. Foi quando, nos anos 80, a HQ começou a ser vista como algo também para adulto. Ganhando vários prêmios, inclusive de Literatura, guardava uma grande responsabilidade para quem quisesse levá-la para a telona. Dita como uma obra infilmável, por sua complexidade envolvendo temas como, por exemplo, política, violência e filosofia. Até que surge um diretor que já havia feito um belíssimo trabalho em outra adaptação (300 de Frank Miller) para por fim na espera. E valeu a pena esperar por Zack Snyder. 1. Batman – O Cavaleiro das Trevas 2 Adoro o trabalho de Christopher Nolan como diretor e roteirista. Talvez isso tenha o ajudado um pouco para lhe dar a primeira posição. Mas a certeza é que Batman – O Cavaleiro das Trevas, mostrou que um filme de heroi também pode ser sombrio e realista. Uma história marcada pela inesquecível atuação de Heath Legder como Coringa e pelas cenas de ação com o mínimo de computação gráfica. Na maioria das vezes com uma tomada só. Mais realismo que isso, impossível. Um divisor de águas para os filmes de super herois. Honra ao Mérito – Kick-Ass: Quebrando Tudo 3 Mesmo ficando de fora da lista principal, resolvi abrir um espaço para Kick-Ass: Quebrando Tudo. A adaptação da HQ de Mark Millar (responsável também pelo O Procurado) caiu em boas mãos. As mãos de uma mente mais do que criativa de Matthew Vaughn. Soube perfeitamente fazer referências a outros filmes do gênero sem parecer uma simples paródia. Além de seguir suas próprias ideias, suas próprias lutas, seus próprios herois.