11 Adoro games. Pretendo um dia abrir um espaço no blog para escrever sobre eles. Ou até mesmo criar outro só para retratar esse mundo fantástico e que não vê limites para sua expansão. Um território em pixels para ser cada vez mais conquistado. As indústrias de games estão fortes como nunca. Seus jogos conseguem competir até mesmo  com muitos filmes de Hollywood em termos lucrativos. Vide os últimos lançamentos de God Of War 3  e Call Of Duty: Modern Warfare 2. Não é a toa que os grandes estúdios estão começando a levar a sério esse mundo promissor que a cada lançamento se parece mais com o que vemos nas telonas. Principalmente quando o assunto é roteiro. E o Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo, nas mãos do diretor Mike Newell (Harry Potter e o Cálice de Fogo), inicia um reinado que só tende a melhorar com os anos. 1 Depois de muitos desastres em adaptações de jogos para o cinema (Street Fighter e Mortal Kombat são os exemplos mais conhecidos), parece que Hollywood, ou melhor, a Walt Disney Pictures mostrou mais cuidado em adaptar uma das maiores franquias estabelecidas dos consoles: Prince of Persia. Sempre acompanhando a produção, o criador do jogo Jordan Mechner, guiou a equipe para que a história não fugisse da trama principal e o resultado final deve agradar os milhares fãs da série. Se não foi perfeito, trilhou um bom caminho. Num projeto onde temos o nome do produtor Jerry Bruckheimer (responsável pela trilogia Piratas do Caribe) é de se esperar um blockbuster. Sem muitas pretensões filosóficas, o filme diverte, emociona e cumpre bem o papel de um gênero de aventura. Um ótimo épico pelas areias do deserto Persa. Mesmo que os atores sejam em sua maioria americanos. 111 Falando em atores, é mais do que normal que não sejam da etnia da região citada. Pois acima de tudo, é um produto comercial. Mas isso não diminui o projeto. Pode assistir sem preocupação a jornada de Dastan (Jake Gyllenhaal) em busca do assassino de seu pai, assim provando sua inocência na morte. Sempre ao lado da belíssima e misteriosa princesa Tamina (Gemma Arterton) que tem a missão de proteger a Adaga. Um artefato com o poder das areias dos Deuses, fazendo seu possuidor voltar no tempo. Uma arma que em mãos erradas poderia significar a extinção humana. A escolha de Jake Gyllenhaal para viver o protagonista foi certeira. Teu carisma e a boa atuação  garantem o sucesso do personagem. E tudo que os gamers gostam da série, ele mostra para felicidade de todos. Deste a mobilidade em saltar por casas, descer por cordas, correr por troncos, sempre no melhor estilo parkour, até no raciocíonio rápido que devemos ter para desvendar quebra-cabeças no menor espaço de tempo. Tiro certeiro dos roteiristas. Um tiro de flecha. Trailer:

        Prince of Persia: The Sands of Time
EUA , 2010 – 116 min
Aventura Direção:
Mike Newell Roteiro:
Boaz Yakin, Doug Miro, Carlo Bernard Elenco:
Jake Gyllenhaal, Gemma Arterton, Ben Kingsley, Alfred Molina, Steve Toussaint, Toby Kebbell, Richard Coyle, Ronald Pickup, Reece Ritchie Nota: 8